O Papel do Marketing no Século XXI

“Não dá mais para sobreviver interrompendo estranhos com uma mensagem que eles não querem ouvir, sobre um produto do qual nunca ouviram falar, usando métodos que os incomodam. Os consumidores têm muito pouco tempo e capacidade para tolerar isso.” 
Seth Godin

No Brasil é comum confundirmos o trabalho do marketing com o da comunicação. As pessoas pensam nos marqueteiros como pessoas que falam as coisas de um jeito que faz com que outras pessoas comprem algo de que realmente não precisavam. E com a entrada pesada dos “marqueteiros” nas campanhas eleitorais, essa confusão só fez aumentar e junto com ela o reforço da ideia de que fazer marketing é fazer fumaça.

Em verdade, o verbo “to market” em sua origem no idioma inglês, envolve muito mais que comunicação e pressupõe uma série de conhecimentos e habilidades que extrapolam em larga margem esse campo do conhecimento. Ainda que o marketing sem a comunicação não consiga ir muito longe, nos tempos atuais, gritar pra todo mundo ouvir, não vai levar seu negócio a lugar nenhum.

Como temos conversado em outros posts falando das características do Século XXI, vivemos atolados em conteúdo e com excesso de canais abertos (que não damos conta de administrar) e, por conta disso, simplesmente ignoramos o que não nos chama a atenção, e preferimos buscar pelo que queremos, na hora que queremos. Na maioria das vezes, procuramos por respostas aos nossos problemas e não por produtos e serviços específicos, ainda que, caso esses produtos e serviços nos ajudem a resolver o problema, nós pagaremos por eles. Vivemos em uma economia de abundância de ofertas e déficit de atenção. Uma mistura que torna a antiga publicidade cada dia mais próxima da obsolescência.

Como sabemos por experiência própria, as pessoas hoje pesquisam o tempo todo e usam para isso principalmente o Google, mas também a Wikipedia, o Youtube, o Yahoo Answers, e outras fontes, dependendo da especificidade do assunto e do conhecimento do internauta. Esse momento em que decidimos saber mais sobre algo e que ganhou muita força com Internet 2.0 e com o acesso mobile, foi denominado ZMOT (Zero Momento of Thruth), por antecipar tanto a experiência de compra, como de consumo, e o Google dedica um bom esforço para entender esse fenômeno. 

Podemos afirmar que cerca de 60% do processo de decisão se dá hoje fora do alcance da empresa, no mundo digital, e que – como coloca Chet Holmes em seu livro The Ultimate Sales Machine – quando impactados pela comunicação tradicional (essa é uma inferência minha, pois ele fala de cold call), apenas 3% dos nossos prospects está preparado para comprar, enquanto outros 7% tem alguma disposição para nos ouvir. Ou seja, cerca 90% das oportunidades serão perdidas pela propaganda tradicional caso você não tenha uma marca centenária ou um orçamento expressivo para se manter na lembrança do seu cliente pelo tempo necessário até que ele reconheça o problema e, quando for procurar por uma solução, vá buscar diretamente por você.

Como falamos, a batalha dos negócios se deslocou para o campo da Internet e o marketing avança como peça chave para garantir a sustentabilidade dos negócios, auxiliando sua empresa a ser útil aos seus clientes e, trabalhando lado a lado com a equipe de vendas, gerando leads, nutrindo esses leads, reduzindo os ciclos de venda, otimizando seu funil de vendas e aumentando as conversões, gerando mais receitas e acelerando o crescimento do seu negócio.

Nos dias atuais, é necessário que você produza conteúdo relevante e útil para construir autoridade para sua marca ou sua empresa e possa participar ativamente dos processos de decisão que ocorrem fora do seu alcance, durante o ZMOT. Os dois desafios colocados pelo excesso de informação e pela mudança no comportamento de compra dos clientes receberam respostas certeiras do pessoal do marketing: Em minha opinião, o marketing de conteúdo e o inbound marketing não são uma moda passageira, são a resposta mais adequada que você, sua empresa e sua organização podem dar para manterem-se competitivos nessa nova era.

Via: http://soulsocial.com.br

 

 

AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL
Entre em contato conosco e solicite uma proposta para sua empresa.

SOLICITAR

Acompanhe nossas redes sociais